quinta-feira , 15 novembro 2018
Início » Saúde »  Grávida pode tomar dipirona ?

 Grávida pode tomar dipirona ?

 Grávida pode tomar dipirona?

 Grávida pode tomar dipirona

Muitos brasileiros tem o costume de se medicar por conta própria, mas alguns medicamentos podem ser prejudiciais a saúde em determinados momentos. Por exemplo, a mulher precisa de muitos cuidados durante a gravidez. Mas. Será que a grávida pode tomar dipirona ?

Esse é um medicamento bem famoso e recomendado para combater dores pelo corpo e o estado febril. Além disso, é possível adquirir esse remédio nas farmácias e estabelecimentos comerciais sem a receita médica.

Dipirona: qual a sua finalidade?

Muitas vezes, você pode estar tomando esse remédio e nem se dar conta. Afinal, a dipirona também integra a composição de outros medicamentos, como, por exemplo, o Buscopan.

Este é um produto com atuação analgésica, antipirética e antitérmica. Normalmente, o seu uso é para momentos de muita dor e resfriados, sobretudo, dores de cabeça.

Embora esta seja uma medicação bastante usada pelos brasileiros e sem a exigência de apresentação de receita, é preciso prestar atenção em certas ocasiões.

A própria bula deixa muito claro que não se deve consumir durante os nove meses de gestação e até durante a amamentação. Os indivíduos com alergia a qualquer componente de sua fórmula também devem procurar outras alternativas.

Afinal, grávida pode tomar dipirona ou não?

grávida pode tomar dipirona

Foi devidamente provado que a ingestão da dipirona ao longo de uma gestação pode comprometer o bem estar da criança, principalmente, nos primeiros e últimos três meses de gestação.

Os primeiros três meses demandam muita cautela para a futura mamãe. Isso porque o bebê está iniciando a sua formação e há, infelizmente, o perigo de um aborto espontâneo. Sendo assim, o consumo da dipirona pode desencadear uma formação inadequada e lenta.

A reta final da gestação também deve ser levada com zelo e cumprindo todas as recomendações médicas. Nos últimos 90 dias, a ingestão deste remédio pode causa o fechamento dos ductos arteriais antes do prazo, danificar a coagulação tanto da mãe quanto do bebê e ainda complicar o parto.

No entanto, a grávida pode tomar dipirona no quarto, quinto e sexto mês se tiver essa recomendação do seu médico. Às vezes, o médico toma essa atitude porque outros remédios não surtem o efeito esperado na gestante.

Antes de qualquer coisa, é essencial avaliar a situação da criança. E, em todo caso, essa medicação é vedada permanentemente em uma gestação de risco.

Lactantes podem tomar dipirona?

Você já viu que a grávida pode tomar dipirona em um determinado momento e somente por recomendação médica. Já ao longo do período de amamentação, é fundamental manter essa vigilância ao consumir qualquer item (alimento, líquido e medicação).

Até o primeiro semestre de vida, tudo o que a criança tem acesso é oriundo do leite materno e, por conseqüência, do corpo da mãe. E alguns remédios podem ser danosos à uma criança tão pequena. E o dipirona novamente se encaixa nesta parcela.

Caso a mamãe tome o dipirona, esse remédio pode gerar problemas no organismo da criança. Se você não achar uma opção eficiente e tiver o aval do médico, é necessário aguardar até dois dias antes de voltar a amamentar diretamente no peito.

Essa é uma preocupação vital para que a medicação não desencadeie nenhuma reação a integridade física e mental do seu bebê.

 

Veja também: Como acabar com a caspa ? Dicas Infalíveis

 

Avaliação do Usuário: Seja o primeiro!
Compartilhe nas redes sociais:

Veja Também

Como acabar com mau hálito

Como acabar com mau hálito ? 

Como acabar com mau hálito ?  Esse pode ser um problema esporádico, mas algo que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *